Dia Mundial da Hipertensão

Posted by joana

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Hipertensão com o objetivo de consciencializar a população sobre a doença e combatê-la por todo o mundo.

A hipertensão arterial (HTA) é uma doença crónica, caracterizada pelo aumento da pressão arterial. Pode ser reversível em situações iniciais, desde que se tenha em atenção e se adotem hábitos de vida saudáveis.

A HTA é o principal fator de risco para o acidente vascular cerebral (AVC) - causa de morte de dois em cada três casos de óbito por doenças cardiovasculares - e um fator de risco importante para eventos coronários, insuficiência cardíaca e renal.

Um estudo levado a cabo pela Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH) revelou uma prevalência da HTA de 42,2% na população adulta do nosso País e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 50% dos hipertensos estão cientes da sua condição.

Neste dia comemorativo decorrem diversas açõespelo país de modo a alertar e prevenir a população para as consequências da HTA para o nosso sistema.

Os valores ideais encontram-se nos 120/80 mm Hg. A partir de 140/90 mm Hg já se considera estar numa situação de hipertensão.

Cuidados a ter:

A HTA pode ser prevenida e tratada, adotando certos hábitos saudáveis, nomeadamente:

  • Reduzir a ingestão de sal;
  • Adotar uma alimentação saudável;
  • Praticar actividade física regular - pelo menos 30 min de exercício dinâmico moderado, 5 a 7 dias por semana;
  • Reduzir o peso em caso de excesso ponderal - mantenha o IMC<25 Kg/m2;
  • Reduzir o consumo excessivo de álcool;
  • Promover a cessação tabágica e moderar o consumo de álcool;
  • Evitar situações de stress - procure incluir atividades relaxantes de modo a controlar o stress;
  • Vigiar a pressão arterial frequentemente (3 a 6 meses) - especialmente se tiver alguém na família com HTA.
  • Sigir as orientações do médico ou profissional de saúde.

 

Cuidados específicos a ter na alimentação:

  • Adotar estratégias para reduzir o sal na cozinha:

 

  • Seguir uma dieta mediterranêa:
    • Ingerir peixe pelo menos duas vezes por semana (de preferência gordos – cavala, atum, salmão, sardinhas);
    • Incluir frutas e legumes;
    • Preferir produtos láteos com baixo teor de gordura;
    • Incluir fibras alimentares solúveis dietéticas;
    • Grãos integrais e proteínas de fontes vegetais;
    • Frutos oleaginosos (como nozes, amendoas, avelas).
    • Ingerir pelo menos 2 litros de água diariamente - a água vai ajudar a "diluir" o sangue fazendo com que flue melhor.

 

Joana R. Lewis

Nutricionista estagiária 2036NE

Referências: