Portugal em Forma
Imprimir

Dia Mundial da Criança

Posted by joana

Hoje é o dia da criança e nunca é demais aproveitar este dia para alertar para os perigos da obesidade infantil. Os últimos dados não são animadores, sendo Portugal o 5º país com mais crianças obesas na Europa, e  para tal temos de tomar medidas. 

A obesidade infantil é um problema grave de saúde. A principal causa da obesidade infantil deriva de uma alimentação pouco saudável e racional. De acordo com a OMS, o baixo consumo de hortofrutícolas é responsável por uma série de doenças crónicas em adulto.

Dados fornecidos pelo Sistema Europeu de Vigilância Infantil (COSI:2008) indicam que mais de 90% das crianças portuguesas consome fast-food, doces e bebe refrigerantes, pelo menos quartro vezes por semana. Menos de 1% das crianças beeb água todos os dias e só 2% ingere fruta diariamente.

Com o objetivo de reverter estes dados, foi criado o programa “5 ao dia” dedicado às nossas crianças. É um programa com o objetivo de promoção de uma alimentação infantil saudável contribuindo assim para a prevenção de doenças crónicas associadas aos maus hábitos alimentares, incentivando o consumo de pelo menos 5 porçoes de frutas e legumes ao dia.

A OMS e da Direcção Geral de Saúde portuguesa recomendam o aumento do consumo de frutas e legumes para 400 gr/ dia!E como incluir mais fruta e legumes na alimentação das crianças? É fácil! Porque não uma salada que vira ninho? Ou uma peça de fruta que vira palhaço? Ou uma torrada que vira peixe? Deixar os pratos atrativos é divertido e estimula o interesse por parte da criança. Seja com fruta ou legumes, são diversos os pratos que pode fazer.

Algumas ideias:

Os miúdos vão achar imensa piada a esta - uma lagarta de banana com passas a imitar as patinhas e kiwi as ervas.

 

Um guarda chuva feito com maça e cenoura, núvens com maça e as gotas de chuva com uvas ou mirtilos.

Basta higienizar bem a fruta, cortar e dar asas à imaginaçãaao!

A hora da refeição deve ser sagrada, e ainda mais importante numa criança em crescimento. Definir horários é importante, pois a criança precisa de uma rotina alimentar para o corpo se habituar a comer a determinadas horas.

Se quiser saber mais sobre o programa “5 ao Dia” espreite.

Convidamos também a dar uma olhada na nossa rubrica Mini Tugas.

Joana R. Lewis

Nutricionista Estagiária

2036NE

 

Referências: